Lucélia Santos e Pedro Neschling em filme gaúcho

A atriz Lucélia Santos e seu filho, Pedro Neschling, estrelam “Uma Visita à Holliweger”, filme gaúcho em curta-metragem, do diretor Pedro Foss, 23 anos.

CARTAZ OFICIAL

Na trama, Lucélia vive a Irmã Ana Holliweger, freira que alegou ser uma enviada de Deus, após a acusação de incendiar um orfanato nos anos 70, e matar mais de 40 crianças. Quase trinta anos depois, o passado volta e o presente revela o passado.

O diretor Pedro Foss, explica que o filme teria Leila Lopes no elenco. “A idéia era colocar a Leila em um papel diferente de tudo que ela já havia feito. Cresci em Esteio, e ela sempre foi celebridade máxima nessa cidade, por mais que tenha migrado para a indústria pornográfica”, pondera. Conforme o diretor, Leila ficou surpresa com o convite. “Falei com ela no início de agosto de 2009, uma semana antes do Festival de Cinema de Gramado, onde eu estava concorrendo. Ela aceitou na hora, e disse que há muito tempo esperava por um convite em fazer cinema gaúcho”, afirma.

Na época, alguns veículos de comunicação chegaram a noticiar o filme, mas Leila se foi, antes da produção começar a ser rodada. “Após isso, adaptei a história e pensei em chamar atores de remone que dessem uma repercussão significativa para alavanca o projeto”, ressalta Foss. Este é o oitavo curta-metragem do diretor, estrelado por celebridades da TV e do cinema nacional. Nos demais filmes contou com nomes como: Maitê Proença, Regina Case, Nívea Stelmann, Paulo Zulu, Daniela Escobar, Werner Schunemann, Cláudio Heinrich, Sheron Menezes, Ingra Liberato, Zé Victor Castiel, Nelson Diniz, entre outros.

“Lucélia Santos é uma lenda viva!”, ressalta Foss. Ele afirma que quando a atriz aceitou estrelar o filme, foi uma grande surpresa acompanhada de felicidade e medo. Foi então que Foss viu Pedro Neschling na mini-série Aline da Globo, e teve a idéia de chama-lo para contracenar com a sua mãe. “Nesses poucos anos de carreira já dirigi algumas celebridades, mas com a Lucélia era diferente. Eu estava na frente da eterna Escrava Isaura, dizendo como ela deveria se movimentar na cena. Teve um momento que ela murmurou: ‘haram… movimento falso pra caralho’, então a gente deu risada”, afirma. “Cada filme que faço, é uma escola. Ambos foram muito atenciosos e pacientes durante as filmagens.” enfatiza.

O filme foi rodado no final de dezembro no interior do Rio de Janeiro, e será lançado ainda no primeiro semestre de 2010.

Advertisements

~ por pf em Fevereiro 14, 2010.

Uma resposta to “Lucélia Santos e Pedro Neschling em filme gaúcho”

  1. Tomará que possamos ver esse filme no cinema. Curta metragem, por melhor que seja, não encontra distribuidor. Mas quem sabe com Lucélia, que realmente é maravilhosa, a coisa seja diferente para esse filme. Alias, se o filme tivesse leila Lopes não despertaria, pelo menos não em mim, o menor interesse, mas tendo uma atriz do calibre de Lucélia Santos, faço questão de assistir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: